• New Page 1

    RSSFacebookYouTubeInstagramTwitterYouTubeYouTubeYouTubeYouTubeYouTubeYouTubeYouTube  

Consórcio Nordeste lança festival de cultura com entrada gratuita e que vai passar pelas nove capitais da região; confira datas em cada cidade


Evento ‘Cena Nordeste Festival’ foi lançado nesta quinta-feira (18) durante cerimônia em Olinda. Iniciativa abrange oito áreas da produção artística contemporânea. Cena Nordeste Festival foi lançado em cerimônia no Mercado Eufrásio Barbosa, em Olinda
Reprodução/TV Globo
O Consórcio Nordeste — grupo que reúne os governos estaduais da região — lançou, nesta quinta-feira (18), o Cena Nordeste Festival, evento multicultural que vai passar pelas nove capitais da região, em diferentes fins de semana, até o fim do ano. No Recife, será nos dias 31 de agosto e 1º de setembro (veja datas de cada cidade abaixo).
A programação em cada estado vai contar com dois dias de atividades culturais gratuitas. Entre as atrações, estão exibições de curtas-metragens e espetáculos de música, teatro, dança, circo e cultura popular, além de espaço também para o forró e o grafite.
✅ Clique aqui para seguir o canal do g1 PE no WhatsApp.
A iniciativa foi anunciada em uma cerimônia no Teatro Fernando Santa Cruz, no Mercado Eufrásio Barbosa, em Olinda, no Grande Recife. O evento, que será promovido pela primeira vez, vai receber investimentos de R$ 4 milhões.
O coordenador da Câmara Temática de Cultura do Consórcio Nordeste, Pedro Santos, disse que as áreas escolhidas contemplam “a produção cultural contemporânea”. As atrações serão definidas por cada gestão estadual.
“A gente pactuou entre os nove estados que cada um assumiria uma das linguagens [artísticas]. A Paraíba, por exemplo, contratou um curador, que fez a curadoria de todos os outros estados. Com isso, a gente democratiza também e compartilha essa responsabilidade com quem está na cena [cultural]”, disse Pedro Santos.
Calendário por capital
O festival terá início em maio, em João Pessoa, e segue até dezembro, em Salvador. Confira abaixo as datas em cada capital:
João Pessoa – 10 e 11 de maio;
Maceió – 7 e 8 de junho;
São Luís – 5 e 6 de julho;
Teresina – 2 e 3 de agosto;
Recife – 31 de agosto e 1º de setembro;
Natal – 21 e 22 de setembro;
Aracaju – 11 e 12 de outubro;
Fortaleza – 16 e 17 de setembro;
Salvador – 7 e 8 de dezembro.
Presente na cerimônia, a governadora de Pernambuco, Raquel Lyra (PSDB), afirmou que a realização do festival envolve o trabalho de 1,4 mil técnicos e artistas.
“A cultura vive, infelizmente, muitas vezes no Brasil, de quase nada. E, quando a gente consegue impulsionar, o volume que se precisa de orçamento, de recursos, para garantir o impulsionamento de movimentos de cultura popular, que geram empregos e renda e falam sobre a nossa identidade cultural, abraçando também o turismo, essa é a forma mais rápida que a gente consegue de fazer a renda e o emprego do nosso povo poder crescer”, declarou a governadora.
VÍDEOS: mais vistos de Pernambuco nos últimos 7 dias
Adicionar aos favoritos o Link permanente.